“Kiss & Fly” - novas regras de estacionamento para apanhar e deixar passageiros

Publicado: “Kiss & Fly” - novas regras de estacionamento para apanhar e deixar passageiros

Desde 21 maio 2015 que privados e profissionais têm novas regras para apanhar ou deixar passageiros no aeroporto de Faro. Anteriormente a esta data as regras eram quase inexistentes e qualquer viatura parava no “curbside” do aeroporto e ligava os quatro piscas para deixar ou ficar à espera de alguém, causando situações de congestionamento e desordem na circulação no exterior do terminal. Com o sucessivo crescimento de passageiros no aeroporto de Faro esta prática estava a tornar-se incomportável.

Após a recente requalificação dos parques de estacionamento no aeroporto de Faro, entraram em vigor novas regras, mais claras, que canalizam o tráfego da melhor maneira para promover a eficiência operacional, segurança e a sustentabilidade no uso dos acessos ao terminal. As zonas de circulação estão mais bem definidas e o controlo de paragens em locais não autorizados é agora mais apertado.

Neste contexto, e para facilitar a chegada e partida de passageiros, o aeroporto de Faro passou a aplicar o método “Kiss & Fly” através de uma área específica para largar passageiros, com regras de acesso e limites para tempos de paragem bem definidos. Para ficar isento de qualquer pagamento, o condutor não poderá permanecer nesta zona mais de 10 minutos. Atualmente este sistema já é aplicado em vários aeroportos a nível mundial como os de Paris - Orly, Praga, Chicago O’Hare, New York JFK, London Gatwick, entre outros.

O novo conceito “Kiss & Fly” junto às partidas pode ser utilizado tanto por particulares como por empresas turísticas ou de transporte privado. No entanto, para os profissionais que circulam constantemente pelo aeroporto para largar ou apanhar passageiros, existem parques próprios com regras específicas. Segue um resumo das novas regras de estacionamento no aeroporto de Faro para particulares e empresas:

Particulares que pretendam deixar passageiros - partidas

O acesso à nova zona de paragem “Kiss & Fly” para deixar passageiros e bagagem junto às partidas é precedido de uma cancela e respetivo sistema de controlo automático. É feita a leitura da matrícula e ao condutor é entregue um cartão / bilhete que permite a permanência gratuita do veículo na zona coberta até 10 minutos. Após esse período, o tempo extra de permanência começa a ser pago. A ideia é manter uma zona com circulação fluida, sem congestionamentos e com maior controlo de segurança.

De notar que cada matrícula tem direito aos primeiros 10 minutos gratuitos para um máximo de duas entradas em cada período de 24 horas - entradas adicionais são permitidas mas pagas, com aumentos graduais. Para as pessoas que pretendam realmente estacionar e fazer companhia aos seus familiares ou amigos no interior do terminal, a alternativa passa por utilizar o parque P1 de curta duração para apoio às partidas.

Entrada do parque Kiss and Fly no aeroporto de Faro - partidas Entranda para o novo parque “Kiss & Fly” no aeroporto de Faro - paragem rápida para largar passageiros
Preços e regras do parque Kiss and Fly no aeroporto de Faro Regras e preços para os veículos que entram na área “Kiss & Fly” junto às partidas - primeiros 10 minutos grátis

Particulares que pretendam apanhar passageiros - chegadas

Todos os veículos particulares que pretendam apanhar passageiros no aeroporto de Faro deverão utilizar o parque P2 de curta duração. A cancela de acesso e o sistema de controlo de matrículas neste parque também permite 10 minutos de estacionamento gratuito nas primeiras duas entradas em cada período de 24 horas - aplicam-se as mesmas regras da zona “Kiss & Fly” de apoio às partidas.

Entrada do parque P2 no aeroporto de Faro - chegadas Entrada para o novo parque de apoio às chegadas no aeroporto de Faro - parque P2
Preços do parque P2 no aeroporto de Faro Regras e preços para a utilização do parque P2 - primeiros 10 minutos grátis

Taxis públicos - partidas e chegadas

Os táxis públicos que pretendam deixar passageiros deverão utilizar a faixa dos autocarros “BUS” junto à cobertura das partidas de modo a estarem isentos de qualquer pagamento. Para apanhar os passageiros as regras mantêm-se e o acesso à zona reservada para os táxis no aeroporto de Faro, junto às chegadas, continua a ser feito mediante o pagamento de uma avença por parte dos taxistas.

Taxis T, transfers privados e serviços de shuttle

A reestruturação das áreas de estacionamento e circulação no exterior do terminal passou também pela criação de dois parques próprios para viaturas de turismo associadas a profissionais de transporte privado ou a operadores turísticos - os parques P5 e P6, sendo este último destinado apenas a autocarros. O acesso a estes parques é efetuado mediante o pagamento de uma avença por parte das empresas. De notar que as empresas não são forçadas a operar nestes parques. Mas como o acesso à área de “Kiss & Fly” das partidas ou ao parque P2 das chegadas apenas permite duas entradas diárias gratuitas por matricula, operar nos parques P5 e P6 acaba por ser mais vantajoso para as empresas, sobretudo para as que operam transfers de/para o aeroporto de Faro, pois efetuam muitos transportes diários de passageiros.

Empresas de rent-a-car sem instalações no aeroporto

Para as empresas de aluguer de automóveis que não dispõem de um balcão de cliente dentro do terminal e parque próprio no exterior - muitas vezes denominadas “rent-a-cars low-cost”, foi criado o parque P4 com infraestruturas partilhadas de modo a receberem os seu clientes. O acesso a este parque está condicionado ao pagamento de uma avença.